Aqui, seu divã é realmente seu. Sua realidade e vida pessoais estarão sob absoluta consideração.

A psicanálise é uma terapia teórica abrangente que visa o entendimento da mente humana.

Quando usada como um processo de tratamento, a psicanálise é baseada em uma relação verbal, terapêutica, intensiva entre um analista e um analisando; o processo aspira ao alívio de sintomas, para o crescimento emocional e a integração pessoal. O processo de tratamento psicanalítico inclui, mas não se limita a, o reconhecimento de processos inconscientes e conflitivos, para a significação de influências desenvolvidas no curso da vida do analisando e o impacto de resistências, mecanismos de defesa, transferências e fenômenos de contra-transferência. O tratamento é realçado pela compreensão do analista, desenvolvida ao longo da terapia, pela supervisão, e pela própria análise realizada pelo psicanalista, das manifestações inconscientes, dos sonhos, dos erros da linguagem (lapsos de fala) e das fantasias diárias do analisando.

A técnica psicanalítica varia em relação à orientação teórica. Em meu caso, minha técnica baseia-se em estudos profundos que ligam diversos autores, desde Sigmund FREUD, Jacques LACAN, Donald WINNICOTT, até mesmo Karl JUNG (e sua psicologia analítica), e tantos outros autores de renome; mas, nossos estudos avançam para modelos inovadores, concentrando pesquisas nos métodos da filosofia ESTÓICA, da filosofia EPICURISTA, da filosofia de Immanuel KANT, da Fenomenologia de Edmund HUSSERL e outros filósofos fundamentais, como PLATÃO, ARISTÓTELES, HEGEL, Paul RICOEUR, etc. Mas, sobretudo, minha técnica psicanalítica inclui uma obstinada missão ética.

Exerço minha atividade como Psicanalista sob rígido código de ética e sempre busco:

– Trabalhar na promoção do bem-estar do indivíduo, da coletividade e do meio ambiente, segundo o paradigma holístico;

– Manter constante desenvolvimento pessoal, cientifico, técnico, ético e filosófico, através de supervisão, terapia e/ou psicoterapia, cursos e similares, estando a par dos estudos e pesquisas mais atuais na área, bem como dos trabalhos milenares e tradicionais, além de ser estudioso das ciências afins;

– Usar em meus trabalhos métodos os mais naturais e brandos possíveis, buscando catalisar o auto-equilíbrio da pessoa atendida, despertando-lhe os seus próprios recursos harmonizantes;

– Orientar-me, no exercício da profissão, pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, aprovada em 10/12/1948 pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Em minhas consultas, você terá a garantia de que:

– Exercerei a Psicanálise sem discriminar por questões de religião, raça, sexo, nacionalidade, cor, opção sexual, opinião política ou situações afins.

– Utilizarei técnicas que não são sejam vetadas ou proibidas por lei federal, podendo, inclusive, orientar a pessoa atendida através de aconselhamento profissional.

– Recusarei a realização de trabalhos terapêuticos que, embora sejam permitidos por lei, sejam contrários aos ditames de minha consciência.

– Suspenderei e/ou recusarei atendimentos, individual ou coletivamente, se o local não oferecer condições adequadas, ou se não houver remuneração condigna, ou, ainda, se ocorrerem fatos que, a meu critério, prejudiquem o bom relacionamento com a pessoa a ser atendida, impedindo o pleno exercício profissional.

Portanto, em minhas consultas, tenho em vista o seguinte:

– Assumir apenas trabalhos para os quais esteja apto, pessoal, técnica e legalmente;

– Prestar serviços de análise somente se em condições de trabalho adequadas, de acordo com os princípios e técnicas reconhecidos ou pelas Tradições Milenares, ou pela prática, ou pela ciência e, sobretudo, pela ética;

– Zelar pela dignidade da categoria, recusando e denunciando situações onde a pessoa atendida seja prejudicada;

– Efetuar procedimentos terapêuticos somente com esclarecimento e seu conhecimento prévio;

– Nunca desrespeitar a honra e o pudor de qualquer pessoa sob meus cuidados profissionais;

– Nunca aproveitar-me de situações decorrentes do atendimento terapêutico para obter vantagens física, emocional, financeira, política ou religiosa;

Assim, como é possível que nossas consultas se dêem ao ar livre, no campo, onde você estiver … e onde eu estiver, pelo fato de estarmos “online” via Internet, deveremos zelar para que estejamos em ambiente adequado que não agrida as condições de bem-estar suas e minhas.

Mas, se ocorrer de você precisar de atendimento de outros profissionais de outras áreas da saúde, trabalharei dentro dos limites das atividades que me são reservadas pela legislação e reconhecerei os casos que necessitem também dos demais campos de especialização profissional, encaminhando-o às pessoas habilitadas para tais funções.

Não há barreiras de tempo e espaço para a psychê. Em sua casa, em seu escritório, em seu celular, a bordo de um avião, em sua viagem pela Índia, pelo Egito, nos Estados Unidos, em pleno oceano.

Nós usaremos um meio de comunicação via SKYPE. Minhas únicas exigências, além das anteriores fundadas no Código de Ética da Psicanálise, são:

1) Que nossas consultas sejam Com Câmera. A qualquer horário que combinarmos.

2) Que nossa primeira consulta tenha duração mínima de 1 hora e meia. Nesta primeira consulta, preciso saber um pouco de sua “pequena história”, de informações gerais a seu respeito. A anamnese é fundamental para o sucesso de uma terapia psicanalítica.

Comments

comments